sexta-feira, 7 de junho de 2013

Amélia Desgarrada



Nasceu como nascem todas as outras:
Amélia em potencial.
Por força de querer trilhar seu próprio destino,
Desgarrou-se.
E ama como os loucos;
Vive como os bêbados;
Sonha como ninguém. 

Rayane Medeiros
Poetisa

4 comentários:

  1. É por isso q sou fã dessa Rayane. Que texto foda! Parabéns.

    ResponderExcluir
  2. Rayane, nunca me arrependi do dia em que lhe publiquei pela primeira vez.

    ResponderExcluir